02 ago

8 SBEA contará com apoio do projeto ecoelétrico

No dia 11 de junho reuniram-se o coordenador geral do 8º SBEA Renato Muzzolon Junior, vice-prefeita e secretária do trabalho e emprego Miriam Gonçalves e o coordenador técnico Ivo Reck Neto.

O objetivo principal foi convidar a Prefeitura Municipal de Curitiba para participar da abertura do simpósio e firmar o apoio com o Projeto Ecoelétrico

Na foto da esquerda para direita: Renato Muzzolon, vice-prefeita Miriam Gonçalves e o coordenador técnico Ivo Reck Neto.

Todo o transporte do simpósio terá o apoio do carro e miniônibus, dando as boas-vindas aos participantes e palestrantes que participarão do 8º Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental.

Esta parceria auxiliará no inventário de gases de efeito estufa, metodologia para a contabilização das emissões será por meio da Ferramenta GHG Protocol. As fontes a serem inclusas no relatório referem-se, a energia elétrica consumida durante o simpósio sendo este classificado como Escopo 2. E o Escopo 3 estará delimitado à contabilização dos deslocamentos e viagens aéreas dos palestrantes e participantes do evento.

Projeto coordenado tecnicamente pelo Engenheiro Ambiental Especialista em Transporte, Ivo Reck Neto, evita em menos de três meses a emissão de 2 toneladas de CO₂ além de gerar uma economia de 83% aos cofres da Prefeitura de Curitiba.

Posto de abastecimento localizado próximo a Prefeitura de Curitiba.

O Ecoelétrico é o maior projeto de veículos puramente elétricos do país destinados, exclusivamente, à frota pública. Constituído em parceria entre o município, Itaipu Binacional, Aliança Renault-Nissan e CEIIA (Centro para Excelência e Inovação na Indústria Automóvel), de Portugal, o projeto atende às demandas do município em seu programa de mobilidade urbana sustentável.

A frota municipal de veículos elétricos não gera custos à Prefeitura . Um contrato de comodato foi firmado por dois anos entre os parceiros do projeto Aliança Renault-Nissan, Itaipu Binacional e Ceiia e compreende a assistência técnica da Renault 24 horas.

O projeto é considerado a primeira ação da capital paranaense visando o cumprimento das recomendações do termo de compromisso para a redução das emissões de gases e de riscos climáticos, assinado pelo prefeito Gustavo Fruet, durante o C 40, em Johanesburgo, África do Sul.

Foram implantados na capital oito postos de abastecimento (eletropostos)  sensorizados para a captura de dados e conectados em tempo real ao sistema de mobilidade inteligente (mobi.me). Eles estão instalados em sete diferentes locais: Praça Rui Barbosa, Parque Tanguá, Parque Barigui, Secretaria de Administração, Prefeitura- Palácio 29 de Março, Setran- Prado Velho e Jardim Botânico.

Todo sistema pode ser monitorado online, pelo site www.ecoeletrico.curitiba.pr.gov.br, onde os interessados podem verificar as atualizações de indicadores sobre o CO₂ poupado, energia consumida, número de viagens e distâncias percorridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *